quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

ORIENTAÇÕES A PAIS DE CRIANÇAS COM GAGUEIRA






A DISFLUÊNCIA (GAGUEIRA):

A gagueira é um distúrbio de Linguagem, na qual a pessoa apresenta alteração da fluência de sua fala, que passa a apresentar repetições e bloqueios, além de uma série de outras questões, como alteração da articulação, da respiração, da velocidade da fala, movimentos corporais e facias associados, entre outros.
É comum que tais características inibam a pessoa de falar, para tanto é necessária uma abordagem interdisciplinar a fim de se obter melhores resultados durante a terapia.

A CRIANÇA GAGUEJA QUANDO QUER?

Não. É importante que o pai/ responsável tenha consciência de que a criança está apresentando uma dificuldade com relação ao uso de sua linguagem, portanto deve ser apoiada, e não cobrada a falar corretamente.

COMO POSSO AJUDAR MEU FILHO QUE GAGUEJA?

Existem algumas orientações que podem ajudar você e seu filho a estabelecerem uma boa relação comunicativa:
  • Não deixe a criança perceber que você está preocupado com sua maneira de falar. Isso acaba por criar resistências na criança, que pode passar a evitar fala.
  • Demonstre interesse, olhe para a criança enquanto ela fala. Ela pode ficar preocupada em querer falar algo e não conseguir, o que aumentará sua excitação e seu nervosismo, não contribuindo para a fluência da fala.
  • Não permita que a criança seja ridicularizada, e evite piadinhas, apelidos.
  • Evite interromper a fala da criança. Espere que ela termine o que está falando.
  • Dê sempre um bom modelo de linguagem, conversando bastante com seu filho, de maneira clara, bem articulada, com boa velocidade de fala.
  • Evite propor à criança que fale em algum momento que ela se encontra bastante excitada, eufórica. Atenção, cuidado para não ser superprotetor  e excluir seu filho de momentos que são importantes para seu desenvolvimento.
  • O ambiente de casa é barulhento, todos gritam? Lembre-se que o ambiente é fundamental no desenvolvimento da Linguagem de toda criança, portanto procure perceber como se dão as relações entre os familiares.
  • Não termine nenhuma frase por seu filho, grande parte das pessoas que tem disfluência, diz não gostar que façam isso por ela.
  • O diálogo é fundamental para o estabelecimento de um bom ambiente comunicativo. Além disso, favorece a dinâmica familiar. Converse sempre com seu filho, proponha atividades diferentes, novos conhecimentos. Alimente o hábito da leitura, evite televisão ao excesso.
  • Procure não deixar a criança nervosa, explique com antecedência fatos que poderão deixá-la ansiosa.
  • Lembre-se de que o que mais importa é o que a criança fala, e não como ela fala. Isso é fundamental para que seu filho dê um grande passo em direção à fluência.
QUANDO PROCURAR AJUDA?

Crianças, durante o desenvolvimento da linguagem (entre dois e três anos e meio), podem passar por um processo de disfluência (gagueira). Persistindo a disfluência por mais de seis meses, o fonoaudiólogo é o profissional adequado para orientar corretamente, de acordo com a necessidade específica de cada criança.

FONOAUDIOLOGIA

A fala é um privilégio concedido pela natureza somente à espécie humana. Algumas aves até podem repetir a fala humana, mas utilizá-la para expressar sentimentos apenas o homem o faz.
Usamos a fala para expressar nossos interesses, gostos, sentimentos e conhecimentos. Por ser algo comum no nosso dia-a-dia, esse processo nos parece muito além de um ambiente familiar e social favorável, muitas estruturas do corpo humano precisam funcionar com perfeição.
Desde que nascemos ações como sugar, morder, mastigar, engolir, rir, chorar preparam os músculos de nossa face para a fala. Além desses músculos, para falar precisamos também que o cérebro tenha registrado os sons e nomes das palavras ouvidas, que organize o pensamento, relacione idéias e que deseje se comunicar.
Uma fala clara e correta é primordial para transmitirmos nossos pensamentos com exatidão e confiança a quem ouve. Alterações no modo de falar ou na forma de organizar os pensamentos a serem transmitidos podem levar à incompreensão da mensagem falada. Por outro lado, a fala pode até ser transmitida com exatidão, mas se a audição não estiver funcionando bem, a mensagem ouvida também poderá não ser compreendida em sua totalidade.
Desta forma é importante saber que a FONOAUDIOLOGIA é a profissão de saúde que atua com os aspectos relacionados à comunicação humana, no que se refere ao seu desenvolvimento, aperfeiçoamento, distúrbios e diferenças, em relação à audição, ao equilíbrio (função vestibular), à função cognitiva, à linguagem oral e escrita, à fala, à fluência, à voz, às funções orofaciais e à deglutição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário